PAZ DE OGUM NA CÂMARA MUNICIPAL

Beto Castro não poupou críticas a Honorao

O presidente da Câmara dos Vereadores de São Luís, Astro de Ogum, celebrou a paz entre os edis Honorato Fernandes (PT) e Beto Castro.

A calmaria reinou após uma troca de acusações, no plenário, entre os dois parlamentares.

Beto Castro, inconformado com a distribuição de emendas parlamentares, acusou o colega Honorato Fernandes de praticar lavagem de dinheiro.

A discussão foi de baixo nível. Sem meias palavras, Beto Castro chamou Honorato Fernandes de “bandido”.

Na semana seguinte à discussão ríspida, Astro de Ogum obrigou os vereadores a pedir desculpas públicas. Antes, chamou os dois para uma conversa reservada, quando tudo se acerta.

No fundo, a discussão envolvia o primeiro-ministro da Prefeitura de São Luís, Lula Filho, que vem sendo vítima de acusações de corrupção na Secretaria Municipal de Fazenda (Semfaz).

Lula Filho apadrinha uns vereadores e despreza outros, no grande esquema do jogo de poder e da distribuição de dinheiro que atravessa a Câmara e o Palácio La Ravardière.

O trabalho dos vereadores, que deveria ser a fiscalização da gestão municipal, acaba se transformando em briga de foice por emendas. Nada mais.

Salvam-se poucos. De novidade na Câmara, bom resultado vem tendo o radialista Marcial Lima. É uma exceção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll To Top