JORNADA DE PESQUISA E EXTENSÃO EM COMUNICAÇÃO COMEÇA HOJE NA UFMA

Com o tema “O lugar do sujeito nas práticas de comunicação contemporânea”, tem início hoje (13), às 14h, a IV Jornada de Pesquisa e Extensão em Comunicação. Durante a tarde, estudantes e professores apresentam trabalhos resultantes de grupos de pesquisa e atividades laboratoriais.

As sessões de apresentação dos trabalhos serão concentradas no Centro de Ciências Sociais (CCSo) da UFMA. O evento é um espaço de visibilidade à produção acadêmica do Curso de Comunicação da UFMA e de outras instituições de ensino superior.

A conferência de abertura será ministrada hoje, no auditório central da UFMA, às 17h, pela professora Ana Carolina Escosteguy, da Faculdade de Comunicação Social (Famecos) da PUC-Rio Grande do Sul. A docente é autora de diversos livros, especialmente no campo dos Estudos Culturais.

O evento encerra quarta-feira, 14, com a palestra “Arte, ativismo e redes sociotécnicas: a construção do sujeito poético-político”, do professor da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), Fernando Gonçalves.

Durante o evento acontece a I Mostra Competitiva de Vídeos “Gato Digital”, além de oficinas e grupos de trabalho em sete subáreas da comunicação: jornalismo; audiovisual; mídias sonoras; relações públicas e marketing; mídias digitais; experiências comunicacionais; e projetos experimentais. 

Mais informações constam neste site

RESEX CURURUPU: A PESCARIA “DEU LONA”

O Blog do Ed Wilson compartilha mais um vídeo da série “Resex Cururupu”.

A postagem é um bate-papo com pescadores da ilha de Guajerutíua, uma das 17 localidades que compõem a Reserva Extrativista (Resex) de Cururupu, no litoral do Maranhão, também conhecida como arquipélago de Maiaú.

Neste vídeo os pescadores fazem o trabalho de remendo (conserto) da rede denominada “malhão”.

GOVERNO DO MARANHÃO REALIZARÁ CONCURSO DE REDAÇÃO NO CENTENÁRIO DO ESCRITOR JOSUÉ MONTELLO

Autor do livro “Os Tambores de São Luís”, Josué Montello será inspiração para concurso de redação dirigido aos estudantes do ensino médio da rede pública estadual do Maranhão. A iniciativa faz parte de uma extensa programação cultural que está sendo preparada para o segundo semestre em comemoração ao centenário do escritor. O concurso será realizado pela Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur), por meio da Casa Josué Montello, e da Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

O concurso terá como objetivo incentivar nos estudantes o interesse pela leitura das obras de Josué Montello, promover a produção textual e fomentar a capacidade crítica e criativa dos estudantes. As 50 melhores redações serão publicadas em um livro alusivo às comemorações do centenário do escritor a ser distribuído às bibliotecas de todas as escolas da rede pública de ensino do Maranhão. Além do livro, os premiados receberão notebooks, tablets e celulares.

Para o secretário de estado da Cultura e Turismo, Diego Galdino, o concurso de redação pode abrir novos caminhos para os jovens e despertar talentos. “É uma ótima oportunidade para que eles se envolvam com a nossa cultura e conheçam um pouco mais sobre os grandes nomes da nossa literatura”, destaca.

“O governador Flávio Dino vem investindo em ações que contemplam a formação de estudantes com um olhar mais crítico, reflexivo e participativo e o concurso de redação será mais uma ferramenta para incentivar os alunos a pesquisarem não somente as obras de Josué Montello, mas despertá-los para conhecer mais sobre a cultura e história do Maranhão”, enfatizou o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão.

A diretora da Casa Josué Montello, Joseane Sousa, informou que ainda estão sendo realizadas as reuniões preliminares para definição do tema do concurso de redação. “Sugerimos alguns temas que estão sendo discutidos em conjunto com a Seduc, mas posso adiantar que a abordagem principal será em torno da importância do centenário e a contribuição literária do escritor para a cultura maranhense”, explicou Joseane.

A Casa de Cultura Josué Montello, que detém todo o arquivo pessoal bibliográfico, arquivístico e museológico do escritor, doado por ele ainda em vida, realizará durante todo o ano de 2017 diversas ações para celebrar o seu centenário de nascimento, como palestras mesas redondas, exposições fixas e itinerantes, visitas guiadas, realizações de seminários, entre outras.

Um dos destaques da programação do centenário será o lançamento de uma coletânea de artigos e crônicas sobre escritores maranhenses publicados no Jornal do Brasil e um livro infantil, ambos escritos por Josué Montello.

Josué Montello

Josué de Souza Montello foi jornalista, professor e escritor. Nasceu em São Luís, no dia 21 de agosto de 1917 e faleceu em 15 de março de 2006 no Rio de Janeiro. Ocupou a cadeira n° 29 da Academia Brasileira de Letras e a cadeira n° 31 da academia Maranhense de letras, sendo ainda membro e colaborador de algumas outras academias de âmbito nacional e internacional. Exerceu cargos importantes como diretor da Biblioteca Nacional, foi embaixador do Brasil junto à Unesco, presidente do Conselho Federal de Cultura e presidente da Academia Brasileira de Letras. Foi premiado nacional e internacionalmente, e também foi um grande colaborador da cultura, sendo reconhecido pela sua extensa produção literária e pela sua contribuição deixada na área da educação, cultura, comunicação e administração.

CASO IDAC GANHA REPERCUSSÃO NACIONAL E GOVERNO FLÁVIO DINO INFORMA PROVIDÊNCIAS

Reportagem no programa Fantástico (Rede Globo), na noite deste domingo, repercutiu a investigação sobre indícios de corrupção nos contratos entre o Governo do Maranhão e o Instituto de Desenvolvimento e Apoio à Cidadania (Idac).

Preso em operação da Polícia Federal, o presidente do Idac, Antônio Aragão, é também o manda chuva do PSDC.

O Idac operou nos governos Roseana Sarney (PMDB) e Jackson Lago (PDT), mantendo vínculos na gestão atual.

O governador Flávio Dino (PCdoB) mandou cancelar o contrato que a Secretaria de Estado da Saúde (SES) mantinha com o instituto.

Em nota, o Governo do Maranhão informa todas as providências relacionadas ao Idac.

Sobre o caso Instituto de Desenvolvimento e Apoio à Cidadania (IDAC), a Secretaria de Estado da Saúde (SES) comunica as providências já adotadas.

  1. O Decreto nº 32.968 de 5 de junho de 2017 estabeleceu o cancelamento de contrato com o Idac, determinando a requisição administrativa de fornecedores, funcionários e grupos médicos no âmbito do Estado do Maranhão; 
  2. Com a rescisão unilateral do Contrato de Gestão nº 09/2015/SES, cabe à Secretaria de Estado da Saúde regular procedimento administrativo e apurar as responsabilidades do Instituto de Desenvolvimento e Apoio à Cidadania (Idac), inclusive quanto à sua inabilitação;
  3. A Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh) assumiu plenamente a gestão das unidades hospitalares antes geridas pelo Idac;
  1. A Emserh já iniciou o processo de regularização da situação funcional do então quadro de pessoal do Idac. Ao final da requisição administrativa, a Emserh deverá prestar contas à Secretaria de Estado de Saúde;
  2. A SES implementará ações necessárias ao acompanhamento e fiscalização quanto ao cumprimento das obrigações assumidas pela Emserh, a partir de então;
  3. A Secretaria de Estado da Saúde reitera que, a partir de 2015, a escolha dos serviços oferecidos pelos institutos adotou uma nova forma de contratação das Oscips e OSs. A medida fortaleceu um novo modelo de gestão, sobretudo com processo seletivo, com transparência e ampla divulgação do edital;
  4. Nosso compromisso diário é qualificar o serviço de saúde para os maranhenses. Combateremos tudo e todos que se oponham a essa finalidade.

ABRAÇO-MA SOB NOVA DIREÇÃO

O 6º Congresso da Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária no Estado do Maranhão, encerrado neste sábado (10), concluiu os trabalhos elegendo a nova diretoria da Abraço-MA. O próximo mandato terá o editor deste blog na Coordenação Executiva.

Veja abaixo a composição completa da diretoria.

Coordenação Executiva (Ed Wilson Ferreira Araujo);

Coordenação Financeira (Raimundo Pereira de Souza);

Coordenação de Formação e Inovação Tecnológica (Maria Marcia Viana Rodrigues Melo);

Coordenação de Relações Institucionais e Interinstitucionais (Neuton Cesar Doria Silva);

Coordenação Jurídica e Estudos Sócio-Econômicos (Fernando Cesar Moraes de Jesus);

Coordenação de Organização e Mobilização (José Maria Machado Coelho);

Coordenação de Comunicação e Marketing (Vivânia Gonçalves Ferreira);

Coordenação das Regionais (Luis Augusto Silva Nascimento);

Coordenação de Gênero e Etnia (Alione Pinheiro de Moura Ferreira);

Conselho Fiscal: José Reinaldo Castro Martins, Amadeu Santos Pereira e Raimundo Nonato Costa.

Conselho de Ética: Antonio Luís Assunção, Luis Carlos da Silva Costa e Raimundo Nonato Moreira Coelho;

Coordenadores Regionais:

Alto-Turi: Cícero Julio das Neves Costa;

Baixada-Litoral: José Lucas dos Santos Caldas;

Baixada Ociental: Fabio Eduardo Barros Peixoto;

Baixo Parnaíba: José Matias Barros Guimarães;

Central: Antonio Costa Silva;

Cocais: Eliézio Bezerra da Silva;

Médio-Mearim: Nilton Carlos Costa Almeida;

Sul: Josefa Silva de Sousa;

Tocantina: Francelmir de Lima Sousa;

Munim-Lençóis: Francisco José Marcio Miranda Calvet;

Campos e Lagos: Jailson Mendes Mota;

Coletivo de Mulheres: Rafaete de Araujo, Luana Leandro Lima Ramalho, Marta Gonçalves Sales.

SIM, EU POSSO!: INSCRIÇÕES ABERTAS PARA ALFABETIZADORES

Até a próxima quarta-feira (14), estão abertas as inscrições do processo de seleção pública para preenchimento de vagas de coordenadores de turmas e alfabetizadores para atuarem na 2ª fase da Jornada de Alfabetização ‘Sim, Eu Posso!’ – Círculo de Cultura, em 15 municípios maranhenses. As inscrições iniciaram ontem (7) e são feitas nos municípios e locais indicados no edital. Ao todo, foram disponibilizadas 587 vagas imediatas para alfabetizador e 87 para coordenador de turma, além de 848 vagas de cadastro de reserva para as duas funções.

Para se inscrever, o candidato deverá preencher a ficha fornecida no local de inscrição e apresentar cópias e originais dos documentos. Para alfabetizador, o principal requisito é ter Ensino Médio completo e a bolsa é no valor de R$ 600,00. Já para a vaga de coordenador de curso a bolsa é no valor de R$ 900,00 e a exigência é que tenha ou esteja cursando o ensino superior.

No ato da inscrição o candidato deverá optar pelo município e pela categoria para os quais deseja concorrer. Cada candidato poderá fazer somente uma inscrição. Havendo mais de uma inscrição será validada apenas a de data mais recente. 

O processo seletivo será coordenado pela Gerência de Concursos (GCONC) da Fundação Sousândrade de Apoio ao Desenvolvimento da Ufma (FSADU). O edital está disponível para consulta no site da Fundação, nos seguintes endereços eletrônicos www.fsadu.org.br e www.sousandrade.org.br. 

Nesta segunda fase, o projeto abrangerá os municípios de Jenipapo dos Vieiras, Itaipava do Grajaú, Aldeias Altas, Água Doce do Maranhão, Governador Newton Bello, Santana do Maranhão, São João do Carú, São Raimundo do Doca Bezerra, Lagoa Grande do Maranhão, São Roberto, Afonso Cunha, Marajá do Sena, Santa Filomena do Maranhão, Milagres do Maranhão e Belágua e seus povoados

O programa 

O ‘Sim, eu posso!’ é um método inovador de ensino, concebido pelo Instituto Pedagógico Latino-Americano e Caribenho de Cuba (Iplac) e aliado aos círculos de cultura da pedagogia de Paulo Freire. O projeto integra a mobilização pela alfabetização dentro do Plano de Ações ‘Mais IDH’, instituído pelo governador Flávio Dino, com o objetivo de reduzir os índices de analfabetismo no estado. 

A 1ª etapa do programa, que tem a coordenação das Secretarias de Estado da Educação (Seduc) e de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), e execução do MST, foi realizada no ano passado, em oito municípios maranhenses.

Secap (Secretaria de Comunicação e Assuntos Políticos)

CONGRESSO DE RÁDIOS COMUNITÁRIAS VAI ELEGER A NOVA DIRETORIA DA ABRAÇO NO MARANHÃO

Radialistas de todas as regiões do estado já confirmaram a participação no 6º Congresso da Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária (Abraço) no Maranhão, que será realizado dias 9 e 10 de junho, no Cesir/Fetaema (Estrada do Araçagi).

O evento tem o objetivo de fortalecer a organização das emissoras comunitárias e eleger a nova diretoria da Abraço Maranhão para o triênio 2017-2020. Segundo o último levantamento da comissão organizadora do congresso, mais de 50 emissoras já indicaram representantes e asseguraram participação no congresso.

As inscrições ainda estão abertas até 16h de sexta-feira (9) e podem ser feitas neste link. A comissão organizadora também recebe inscrições por telefone (98) 9 8818 1573 e (98) 9 9695 9113 e (98) 9 8708 5509.

Parlamentares e lideranças dos movimentos sociais estarão presentes na abertura do evento. Durante o congresso haverá plenária para debater e elaborar o plano de ação da Abraço Maranhão para a próxima gestão, além de orientações jurídicas e técnicas com assessoria especializada em rádios comunitárias.

Na tarde de sábado (10), a mesa principal vai dialogar sobre o tema “democratização da comunicação e as rádios comunitárias”, com a participação de representantes dos movimentos sociais, do Governo do Estado e da Abraço Nacional.

Veja a programação do 6º Congresso da ABRAÇO Maranhão

Dia 9 de junho (sexta-feira)

18h – Mesa de abertura

19h – Aprovação do Regimento Interno

Dia 10 de junho (sábado)

8h – Eleição da Diretoria, do Conselho Fiscal e do Conselho de Ética da ABRAÇO-MA

10h – Debate com o plenário sobre o plano de ação da ABRAÇO-MA

11h – Orientações jurídicas e técnicas para as rádios comunitárias

12h – Almoço

14h – Mesa “Democratização da comunicação e as rádios comunitárias”

16h – Debate com o plenário

18h – Encerramento

100 ANOS DE JOSUÉ MONTELLO (PARTE 6): OS BEM-TE-VIS

O Blog do Ed Wilson prossegue a divulgação de trechos da obra do escritor maranhense Josué Montello, que em 2017 completaria 100 anos.

Uma celebração do centenário está em curso, sob a coordenação da Casa de Cultura Josué Montello (veja mais aqui). 

Neste recorte da obra, à página 50 de “Os tambores de São Luís”, o escritor discorre sobre uma “personagem” típica dos céus da cidade: o passarinho bem-te-vi.

A passagem está relacionada a uma revoada cantante dos pássaros, entre o Palácio Episcopal e o Palácio do Governo, sob o olhar e os ouvidos atentos do bispo Dom Manuel.

“Dá gosto ouvi-los, ainda cedo, à primeira luz matutina, ou depois de uma pancada de chuva, assim que o sol se abre, esses bem-te-vis de São Luís. Umas cidades têm as suas andorinhas; outras, os seus pardais; São Luís tem os seus bem-te-vis, que nascem com a luz do sol e parecem cantar com ela pelo resto do dia. De relance, dir-se-ia que voam em bando. Na verdade, ao contrário das andorinhas, voam solitários, sem prejuízo das reuniões eventuais no mesmo fio telegráfico, no beiral do mesmo telhado, nos ramos da mesma árvore. Destemidos, apesar de medirem pouco mais de meio palmo, lançam-se aos urubus em pleno vôo, e os afugentam. Cá embaixo parecem passarinhos bem comportados.

Um deles grita, escandindo as sílabas:

– Bem te vi!

Logo outro grita também, no mesmo tom festivo, apressando a resposta:

– Bem te vi!

Embora circunscrito às três sílabas inconfundíveis, o grito nada tem de monótono, porque varia de inflexão e disposição oral. Assim: bem-em-em-em-te-vi! Ou simplesmente: te-vi! Por vezes, ouvindo-os ao raiar do dia ou ao cair da tarde, salteia-nos a impressão de que um deles, mais moleque e jovial, zomba do outro, com este grito diferente: eh, eh, eh. E logo ouve a réplica, depois de um ruído repetido de asas no ar: bem te vi! bem te vi!

Há momentos em que os gritos se repetem com tanta freqüência, que o canto solto se transforma em alarido. E é essa bulha brejeira que se ouve, todos os dias, em São Luís, de janeiro a dezembro, sempre que haja sol, de preferência quando as janelas dos sobrados se escancaram sobre a rua ou as rótulas dos mirantes se descerram para o mar.”

MONTELLO, Josué. Os tambores de São Luís. Rio de Janeiro: J. Olympio, 1978.

Imagem: http://pt.fantasia.wikia.com/wiki/Bem-te-vi

AUDIÊNCIA PÚBLICA DEBATERÁ SITUAÇÃO DO CENTRO DE LANÇAMENTO DE ALCÂNTARA

A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (Creden), da Câmara dos Deputados, debaterá em audiência pública, nesta quarta-feira (7), a importância e a potencialidade do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA). 

Proposta pelo deputado federal Pedro Fernandes (PTB-MA), a audiência contará com a participação de autoridades do Ministério da Defesa, do Comando da Aeronáutica, da Agência Espacial Brasileira (AEB), do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (CTA) e do colaborador da Frente Parlamentar para Modernização do CLA.

O IDAC DE TODOS OS GOVERNOS

A prisão dos operadores do Idac (Instituto de Desenvolvimento e Apoio à Cidadania) detonou nas mãos do governo Flávio Dino (PCdoB) uma bomba armada na era Roseana Sarney (PMDB) e engatilhada no governo Jackson Lago (PDT).

Atravessando todas essas gestões em uma área sensível como a Saúde, o instituto já era figura carimbada, ainda mais sob o comando de Antônio Aragão (foto), presidente do PSDC.

Conhecida legenda de aluguel, o PSDC pode querer tudo, menos a saúde das pessoas.

O duplo presidente preso pela Polícia Federal, Antônio Aragão, não milita na cidadania e menos ainda na democracia cristã, qualificativos do instituto e do partido que ele representa.

Se atravessou tantos anos desviando dinheiro da Saúde, sendo flagrado em 2017, o Idac é um indício forte de que a corrupção ainda pulsa no Maranhão.

Para extirpá-la serão necessárias muitas primaveras.

Neste episódio que atinge o governo Flávio Dino, a medida imediata foi de austeridade – rescisão do contrato entre a Secretaria de Estado da Saúde (SES) e o famigerado instituto sanguessuga do dinheiro público.

Consta que o secretário de Saúde, Carlos Lula, é pessoa proba. Assim, a medida (rescisão do contrato) foi acertada e ágil.

E mais. Além do cancelamento do contrato, a SES solicitou à Secretaria de Estado de Transparência e Controle (STC) uma auditoria em todos os contratos que o Idac tinha com a pasta da Saúde.

É o que se espera do governo eleito sob o discurso da mudança.

Scroll To Top